Archive Page 2

Me apresentei no quartel

É meus caros amigos, a quanto tempo né?

Meu último post aqui foi a exatamente dois meses atrás sobre o meu clipe lindo (que aliás, se você não viu ainda, veja no último post). E pode ter certeza de que muita coisa aconteceu durante esses dois meses. Uma dessas coisas vou contar agora.

Eu tava marcado pra me apresentar no quartel no dia 23 de setembro, seis dias antes do meu aniversário. Antes do dia de ir lá eu me informei bastante com todos os meus amigos que já tinham ido sobre todas as dúvidas que eu tinha, e acreditem, eram enormes. Mas eu admito, eu tava me cagando de medo de dar merda lá na hora. Mesmo que fosse bem improvável, azarado do jeito que sou, podia muito bem acontecer de o sargento olhar para a minha cara e insistir que eu tenho que servir, só para seu simples prazer em foder uma pessoa aleatória.

Cheguei a ouvir muitas histórias engraçadas dos meus colegas, que iam desde um idiota fumando na fila de apresentação à esporros de sargento em recrutas atrapalhados que estavam varrendo o pátio lá. Mas isso não me fez ficar menos tenso.

Como eu não queria servir de jeito nenhum, fiquei desesperado pensando em como me livrar desta merda. A melhor dica que eu recebi foi para levar um atestado médico dizendo que eu tenho bronquite, rinite, sinusite, faleniladsfhiasfhidocopicozite, etc. E de fato, eu tenho essa porra toda. Menos faleidocopi… ah, essa bosta ae.

Continue lendo ‘Me apresentei no quartel’

Anúncios

O nosso clipe ficou pronto.

É isso aí, finalmente o videoclipe mais aguardado do ano está pronto! Depois de mais de um mês perdendo tardes de sono para gravar essa budega, finalmente acabamos de editar a parada e ela tá prontinha.

Aliás, já entregamos pra professora de Inglês, e na última quinta foi um dia de “feira de clipes”. A minha turma e as turmas de 1º ano se juntaram para ver os vídeos de todos, tanto do terceirão quanto do primeirão (mas não lembro de ter visto do 2º ano). E devo dizer que tiveram clipes que ficaram espetaculares, e outros que ficaram, digamos assim, no orçamento genérico. Mas o que vale é o esforço.

Mas antes de assistir ao meu clipe e o do meu grupo, você pode assistir a outros clipes que rolaram lá clicando aqui e aqui.

Agora sem mais demoras, o grande vídeo. Curtam aí e comentem nos comentários, divulguem para seus broders e etc e tal.

Rap do Dragon Ball Z.

Se você têm a minha idade e teve um pingo de infância, você conhece o desenho/anime Dragon Ball. Você pode não gostar e achar bem idiota, mas você conhece.

Agora, tem um vídeo no you toba que é simplesmente uma obra de arte. Eu quase chorei ao ver a saga Z inteira resumida na minha frente em forma de rap. Ta, exagerei, mas foda-se. Ve ai:

Eu vi no Ñ.Intendo

Top 5: bandas pop punk que você deveria ouvir.

Por ter os meus ouvidos bem ecléticos, eu já ouvi todo tipo de porcaria de música, de cada estilo diferente. E o que mais me chama a atenção é o Punk e todos os seus derivados (punk rock, pop punk, punk alternativo e bla bla bla).

O pop punk, estilo que é tema aqui hoje, está presente na maioria das bandinhas de hoje em dia.

Eu não estou falando de Restart e Cine, mas, no cenário brasileiro, algo como Nx Zero. Ou seja, são adolescentes – pelo menos no começo da banda eles são né – que falam dos problemas no dia-a-dia de um jovem, porém diferentemente do punk clássico, ele costuma usar algumas batidas diferentes, e não só o rock nu e cru.

Então, parei pra pensar nas bandas pop punk que eu mais tenho ouvido, e resolvi dar umas dicas pra você baixar:

Continue lendo ‘Top 5: bandas pop punk que você deveria ouvir.’

Então começamos a gravar o clipe – Parte 2.

Como falei da ultima vez, não havíamos acabado de gravar o clipe de inglês sendo que ainda faltava a parte da banda tocando. Não falta mais.

Depois de duas semanas da primeira gravação (e graças a Deus a professora adiou a entrega pra primeira semana de setembro) resolvemos acabar de gravar a parada toda.

Na verdade primeiro refilmei minha parte, que eu achei horrível, e depois fomos pro momento mais importante do clipe. Não irei revelar detalhes para criar suspense e surpresa para vocês. Só posso adiantar que ficou o mais hilário que conseguimos.

E agora tamos só editando o vídeo. Provavelmente nessa sexta já fica pronto.

Mas então, no maior estilo “behind the scenes”, gravamos um pequeno vídeo mostrando nosso aquecimento pra gravação. Saca só:

E mais uma coisinha que não têm nada a ver com o clipe: entre as gravações do primeiro dia, Thiago gravou um vídeo pra descontrair. É idiota, mas da pra rir. Com vocês, o rap do doce:

É por isso que o Brasil não vai pra frente.

Você sabe o porquê do nosso país amado não avançar nesse mundo azul anil?

Então deixa que esse menino (ou será menina?) te explica:

Esse é o problema da internet, qualquer idiota pega uma camêra, fala um monte de merda, bota na internet e talvez até ganhe alguma fama. Caso contrário, pode tentar criar um blog com um nome bem escroto, tipo Politicamente Corretos, e ficar enchendo o saco dos seus amiguinhos para que te ajudem a divulgar.

Esse é o espírito.

Jogos baseados em filmes.

Antes de eu começar a escrever meu post, preciso me apresentar, acho que os leitores nem foram avisados da minha chegada aqui. Meu nome é Lucas de Castro Lopes, tenho 16 anos, e vou postar sobre jogos aqui no Politicamente Corretos, quando eu tiver vontade. Quando eu tiver uma coluna fixa com posts definidos por uma data específica, o céu vai cair. Tenho um blog, o Ansiedade Demoníaca, no qual não falo apenas de jogos. Tenho uma vida também né?

Jogos me acompanharam a vida inteira, e geralmente quando temos um filme famoso lançado no cinema, um jogo semelhante é lançado para tornar o filme mais famoso pelo mundo. Infelizmente, nem sempre (leia-se: 99% das vezes) os jogos baseados em filmes se saem bem em uma crítica, eu mesmo posso contar nos dedos o número de games baseados em filmes que marcaram minha vida.

Vou postar um top não sei quantos dos melhores e piores jogos baseados em filmes que eu já joguei.

Esse está nessa lista

Os piores jogos de filmes:

4- Spider-man 3 (Playstation 2)

Esse foi o pior jogo do Homem Aranha já lançado para o PS2, na minha opinião. Com gráficos e jogabilidade inferiores ao antecessor, o Spider-man 2 (que está na lista dos melhores jogos, aliás), esse jogo é realmente uma merda. O que eu comprei ainda veio em francês, ou seja, jogar às cegas um jogo terrível = morte.

3- Transformers: The Game (Playstation 2)

O primeiro jogo baseado no filme dos Transformers é bem feinho. Jogabilidade mais ou menos, gráficos até bons para um PS2. Merece um lugar na lista dos piores por ser um dos jogos mais difíceis e ao mesmo tempo sem graça que eu já joguei. Todos os vilões são os mesmos.

2- Superman 64 (Nintendo 64)

Grande parte dos gamers consideram esse jogo o pior jogo de todos os tempos. Também né, o jogo não tem leis da física e é muito feio, quando se fala de gráficos, mesmo para um Nintendo 64. Além da névoa pra esconder as falhas do jogo, ele ainda tem alguns momentos ridículos de ultrapassagem de paredes. Normal né?

1- G.I. Joe: The Rise Of Cobra (Xbox 360)

Você deve estar se perguntando: como um jogo de Xbox 360, um videogame com alta qualidade gráfica e vários jogos bem-sucedidos pode ser o pior jogo? Boa pergunta. O game é um dos raríssimos casos de “filme muito foda, jogo lixo tóxico“, com seus gráficos de PS2 e jogabilidade digna de arcades do bar da esquina. Não recomendo esse jogo para ninguém. Cuidado ao ver o vídeo!

Agora os melhores jogos de filmes:

4- MIB: The Game (Playstation)

Um dos primeiros jogos de tiro que eu joguei, e gostei muito. Além de gostar da série de filmes, esse jogo marcou muito minha infância, apesar da jogabilidade fraca. Um dos poucos jogos de filme que se saem bem.

3- Spider-man 2 (Playstation 2)

Diferente do seu sucessor, esse game do homem aranha tem gráficos melhores, uma jogabilidade aceitável e uma história bem melhor, e também vence nas habilidades dos personagens. Um dos casos em que o sucessor é uma merda comparado ao antecessor.

2- Transformers 2: Revenge Of The Fallen (PC)

Esse jogo conseguiu se superar em relação ao seu antecessor. Houve uma notável melhora nos gráficos e na jogabilidade, oferecendo maiores possibilidades aos jogadores. No meu PC esse jogo fica lentão, não sei porque.

1- Toy Story 2 (Playstation)

Esse jogo pode ser considerado um dos mais épicos que eu já joguei na minha vida! Gráficos ótimos para um jogo de desenho para o PS1, e uma história que prende o jogador por horas. Esse sim é relíquia!

Então, gostaram do meu post? Achou nerd demais? Tudo bem, eu paro de postar aqui Podem comentar aí sobre meu estilo de escrever, e se quiserem me ver falando de outras coisas além de jogos, visitem meu blog, o Ansiedade Demoníaca. Às vezes o Barbosa posta lá também. Valeu!


Follow Politicamente Corretos 4.0 on WordPress.com

Visitas

  • 128,813 Bizoiadas

Destaques

Desenhos/séries que marcaram minha infância : Você têm saudades de quando era criança? Então saiba aqui os 5 desenhos que sinto mais falta;

Caos no Rio de Janeiro : Saiba tudo o que aconteceu quando houve a grande guerra entre o morro e a polícia carioca, além da tomada do Alemão;

Prêmio multishow, um fiasco : A versão 2010 do prêmio que premia as melhores bandas e cantores do Brasil foi um tanto quanto estranha. Saiba porquê.

-Mais dos melhores posts você vê aqui


%d blogueiros gostam disto: