Screaming Bloody Murder

A grande verdade é que esse blog aqui perdeu um pouco a variedade de assuntos.

No começo a intenção era postar aqui sobre tudo que fosse possível: tecnologia, música, esporte, tv, humor, e no meio disso tudo os famosos posts “It’s my life”, em que são contadas histórias sobre os blogueiros daqui.

E de fato, o primeiro post desse blog foi sobre música. Mais exatamente sobre o até então recém lançado EP da banda Angels & Airwaves, entitulado “Love”.

Então estamos voltando as origens nesse post: O novo cd da banda americana SUM 41 me fez ter vontade de escrever sobre música de novo. Então vamos lá.

Pra começar, se você gosta de punk rock e NUNCA ouviu falar sobre o SUM 41, você não merece meu respeito e de nenhum tipo de roqueiro.

(Obs.: eu não sou roqueiro, sou o que chamam de eclético;)

Mas falando sério, você que já viu a aclamada série de filmes American Pie, já deve ter ouvido pelo menos uma música dessa banda. Ela nasceu em 1996 e teve como integrantes Derick Whibley (guitarra e vocal) – que já foi casado com a Avril Lavigne por alguns poucos anos – , Steve Jocs (bateria), Cone McCaslin (baixo e back vocal) e Dave Baksh (guitarra e back vocal).

Confira só se você já não ouviu essa música aqui:

Na verdade foram duas músicas, mas enfim. Aposto que você conhece uma delas.

Essa banda aí que você acabou de ver tinha lançado seu último cd em 2007, chamado “Underclass Hero”. Durante esses anos, perdeu seu guitarrista Dave Baksh – que decidiu meter o pé da banda – e tiveram a entrada do novo guitarrista Tom Thacker, que no começo era só um tapa buraco para os shows, mas acabou se oficializando na banda no ano passado.

E depois de quase 4 anos sem lançar nada de novo – tirando um cd “Greatest Hits” em 2009 – eles lançaram no começo do mês seu novo albúm, “Screaming Bloody Murder”.

E porra, eu achei esse cd muito foda.

A muito tempo que não vejo uma banda lançar um cd ao antigo estilo Punk Rock, com boas pegadas na guitarra e com uma bateria excitante. Obviamente a banda não é mais formada por adolescentes revoltados com boas letras sobre sua revolta com o mundo todo, mas com a idade veio um amadurecimento da banda muito benéfico. Na verdade, eles fugiram um pouco do Punk Rock e caíram um pouco mais pro Rock original.

As músicas mais fodas pra mim são “Scumfuck”, “Happiness Machine” e a música que dá nome ao albúm, “Screaming Bloody Murder”.

Recomendo pra todos que gostam pelo menos um pouco de rock que baixem esse cd, que não fica pra trás em nada nas músicas hits do SUM 41.

Anúncios

3 Responses to “Screaming Bloody Murder”


  1. 1 gabriel 20 abril, 2012 às 13:54

    realmente mt bom o cd eu conheço sum 41desde 2007 ouvi num jogo de pc as musicas ‘no brains e still waiting’ gostei mt não gostava tanto de rock só linkin park então descobri que meu primo tmb escutava ele me passou mais algm musicas deles me viciei hoje tenho tdas musicas videos albuns parei de gostar de pop essas modinhas de radio só gosto da avril lavigne e do simple plan paramore e kesha o restante é lixo agora gosto mt de punk rock rock alternativo e até heavy metal claro graças ao Sum 41 obs (ODEIO BRUNO MARS)

  2. 2 Ana Klaic 28 dezembro, 2012 às 13:39

    Sei que o post é antigo e que provavelmente o autor não verá a resposta, mas o fato é que Sum 41 encerrou o seu auge com “Does This Look Infected?”. “Chuck” só tem só algumas músicas boas – destaco We’re All To Blame e a bonus track Subject to Change – e em canções como Some Say e Pieces eles já mostraram o esboço do lixo pop, midiático e sem sal que a banda se tornaria num futuro próximo (muito diferente da banda autêntica e cheia de energia que se viu nos dois primeiros álbuns).

    “Underclass Hero” é o PIOR álbum da banda, de muito longe. Eles tentaram recuperar o antigo fôlego com o “Screaming Bloody Murder” e, a meu ver, ao contrário do autor do post, sem muito sucesso. Para mim, todas as músicas são melodicamente cheia de clichês e não apresentam nada novo.
    Dave faz muita falta para a banda. Depois da sua saída, viu-se que ele era o responsável pela qualidade musical do grupo.

    Tenho o “All Killer no Filler”, o “Does This Look Infected” e meia dúzia de músicas do “Chuck” no celular. Sacio a minha vontade de Sum 41 com esse repertório… porque com os dois últimos álbuns, não consigo mesmo.

    E em tempo: Sum 41, com toda a sua qualidade, merecia um baixista melhor.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Follow Politicamente Corretos 4.0 on WordPress.com

Visitas

  • 128,346 Bizoiadas

Destaques

Desenhos/séries que marcaram minha infância : Você têm saudades de quando era criança? Então saiba aqui os 5 desenhos que sinto mais falta;

Caos no Rio de Janeiro : Saiba tudo o que aconteceu quando houve a grande guerra entre o morro e a polícia carioca, além da tomada do Alemão;

Prêmio multishow, um fiasco : A versão 2010 do prêmio que premia as melhores bandas e cantores do Brasil foi um tanto quanto estranha. Saiba porquê.

-Mais dos melhores posts você vê aqui


%d blogueiros gostam disto: