Toy Story 3, sem o D.

Por Barbosa.

Ultimamente venho pensando bastante em como minha infância foi divertida e como ela não volta mais. Eu tinha muitas fitas VHS de vários filmes infantis, tipo Vida de Inseto, Toy Story, Rei Leão, Hércules e, vejam vocês, até Popeye. Filmes que eu botava toda hora pra ver de novo, e de novo e de novo. E ir ao cinema ver Toy Story 3 me fez relembrar isso tudo.

Era uma segunda feira e eu, que estou sem aula, estava como todo bom vagabundo: dormindo até ao meio dia. Ai eu acordo com meu pai me ligando, que me pergunta: “Ta de bobeira?”. A resposta era tão óbvia que ele nem me esperou responder. Então ele me chama – ou melhor, me INTÍMA – a ir com ele e meus dois irmãozinhos de 5 anos no cinema ver Toy Story 3, pois já que ele estava sozinho, precisava de alguém que ajudasse a tomar conta dos dois.

Eu só não fiquei mais puto de ir ver esse filme porque ele era em 3D, e filmes em 3D são de arrancar as bolas de legal. Então nós fomos para o Carioca Shopping as 3 da tarde pra comprar o ingresso do filme, que começava as 3:30.

Quando começamos a subir a escada rolante pra entrada do cinema, nos deparamos com uma fila filha da putamente imensa. Pra você ter noção, parecia que tavam vendendo ingresso pra um show da Madonna, RBD, Justin Biba ou sei lá quem conseguiria encher um show aqui no Brasil.

Fila no Cinemark.

Obóvio que desistimos de ir naquele dia e deixamos pra quarta feira, dia em que o ingresso estaria mais caro, e provavelmente iria ter menos gente. Mas pra não correr risco decidimos comprar o ingresso algumas horas antes da sessão.

Chegamos lá era 1:30 da tarde e o filme começava as 3 horas. A fila era metade da fila de segunda feira, mas ainda assim grande. Ficamos mais ou menos 1 hora na fila. Quando já estávamos perto da nossa vez, aparece na tela que a sessão de 3 horas já tinha lotado, e a próxima era só as 5 horas.

Minha reação.

Depois de ter uma pequena conversa pra convencer minha irmãzinha, decidimos que iamos fazer hora no shopping até as 5 horas. Quando chega no guichê meu pai pergunta se é em 3D, e a mulher diz: “não senhor, não temos salas em 3D”.

VÃO TOMAR NO CU, SHOPPING DE MERDA.

E depois de ficar algum tempo sem fazer nada, fomos pro cinema. Chegando la, depois de entregar o bilhete pro cara lá, ainda tinha uma fila de espera pra entrar na sala. Vai gostar de fila assim na casa do carvalho.

Ver o Toy Story 3 não foi tão ruim quanto parecia. Se você olhar bem e ignorar o fato de que os personagens do filme são brinquedos, a história é bem legal. E afinal, ali acabou uma trilogia de filmes que eu adorava quando pequeno.

Agora, falando do filme:

Woody e Buzz Lightyear.

Ele conta a história daqueles mesmos bonecos de sempre de toy story, mas dessa vez o Andy, dono dos brinquedos, tem 17 anos e está indo pra faculdade. Diante daquela situação, os brinquedos acabam indo parar numa creche.

Agora, sem querer ser estraga prazeres mas já sendo, no final do filme o Andy dá todos os brinquedos para uma garotinha que é gente boa. Naquela hora, da despedida do Woody (pra quem não lembra é o cowboy) e do Andy, da a maior tristeza, até me deu uma micro, nano vontade de sair uma pequena lágrima.

Mas o filme até que é legal. Se você viu Toy Story 1 e 2 quando mais jovem, você irá gostar de ver o 3º. Mas se você nunca viu nenhum Toy Story, não vá ao cinema. Você irá ficar batendo a cabeça na parede e se perguntando “porque fui gastar 9 reais com essa merda??

Por Barbosa.

Anúncios

7 Responses to “Toy Story 3, sem o D.”


  1. 1 babiinicolaevna 24 julho, 2010 às 22:31

    9 reais?? Eu gastei 4,50 :O
    que cinema ladrão é esse???
    ;*

  2. 3 Lucas Castro 25 julho, 2010 às 0:39

    Caro mesmo, nessa hora que falta ter uma carteira de identidade, sexta-feira gastei 16 reais para assistir Encontro Explosivo :S

  3. 4 lftrindade 25 julho, 2010 às 0:47

    hahaha, 9 reais, na ultima vez qe fui no carioca com vcs eu só paguei 2 reais a sessão cara, suahusuaushuhausa

  4. 5 babiinicolaevna 25 julho, 2010 às 19:11

    mas aqui a inteira é 4,50; a meia é 2,50. :O
    Que roubo, cara… 9 reais pra ir pro cinema!

  5. 6 Lucas 31 julho, 2010 às 15:09

    encontro explosivo é foda UHSAUHSAUHSA

  6. 7 carol Lopez 23 agosto, 2010 às 21:06

    gente, não reclama da entrada do cinema . eu moro em Brasília e só na entrada do cinema em 3D que fui ver com minha irmã era 23 reais em DIA DE SEMANA ! isso sim é roubo, gatchênhos . pensa que você leva uma grana pra ver uma porcaria de filme que dura menos de 2 horas e meia e você sai revoltado que gastou todo o seu precioso dinheiro num filme ridículo, vai lá ! adorei o post *-*


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Follow Politicamente Corretos 4.0 on WordPress.com

Visitas

  • 128,310 Bizoiadas

Destaques

Desenhos/séries que marcaram minha infância : Você têm saudades de quando era criança? Então saiba aqui os 5 desenhos que sinto mais falta;

Caos no Rio de Janeiro : Saiba tudo o que aconteceu quando houve a grande guerra entre o morro e a polícia carioca, além da tomada do Alemão;

Prêmio multishow, um fiasco : A versão 2010 do prêmio que premia as melhores bandas e cantores do Brasil foi um tanto quanto estranha. Saiba porquê.

-Mais dos melhores posts você vê aqui


%d blogueiros gostam disto: