Músicas que não saem da cabeça. Infelizmente.

Quem nunca teve a sensação de ter uma música presa em sua cabeça, que você não esquecia ela de jeito nenhum? Você ouve só uma vez e aquela porra de música não sai da sua cabeça, você tenta até cantar outra música para esquecer , mas adianta alguma coisa? Não. E la vem aquela porra de novo. Alguns até gostam de ficar com a música gravada em sua cabeça (puros idiotas. é, sem exceção).

A maior de todas está ela.  Aquela que as piriguetes e os garotinhos de 13 anos não podem escutar que saem correndo pra pista de dança. Sim, é ela meu amigo, a…

BOTA A MÃOZINHA NA CABEÇA QUE VAI COMEÇAAAAAAAAAAR…

Quem não conhece essa merda de música? Como o próprio cantor Léo Santana (cheio de bomba até o rabo), cantor do grupo Parangolé diz na música, “rebolation é a nova sensaçãaao”, e essa meus amigos não sai de jeito nenhum!

Fiquei mais de uma semana com ela na cabeça, e sempre tinha um lugar seja no rádio da padaria como na festa da minha escola tocando ela, só pra me ajudar a lembrar mais ainda dela. O pior é na festa quando seus amigos idiotas começam a dançar e cantar essa maldita música e te obrigam a dançar junto! É, preciso de novos amigos…

Parangolé. PQP

Entre as músicas mais irritantes atualmente não podemos esquecer da Baby do felizardo Justin Bieber. É, ele mesmo. Até quem odeia ele conhece essa música e fica atormentado por ela – ainda mais eu que tenho uma irmã que ama ele – e é capaz de se matar com aquela voz de criança cantando “Baby, baby, baby oooh”.

Nessas horas te dá vontade de dar um soco no cantor quando o infeliz ta cantando. As vezes eu fico com umas eletrônicas na cabeça como Guru Josh Project – Infinity, I’m Miami Beach e a Stereo Love. As batidinhas delas não saem da sua cabeça, dão até vontade de dançar. É, dançar, fazer o que né.

Tem umas internacionais também, como Down do Jay Sean e Whatcha Say do Jason Derulo. Pra essas já ate criei umas coreografias – falta do que fazer – de tanto que ficam na minha cabeça. Por enquanto acho essas até legalzinhas, até chegar num certo ponto que ainda não cheguei, que é odiá-las. Mas não falta muito, acredite.

Tem outras milhares de músicas que me infernizam, mas eu ficaria até amanhã aqui e você já ficaria de saco cheio de ter que ler e fecharia a página e odiaria o post. Aliás, você já deve estar odiando tudo isso, até porque EU já estou odiando ter que escrever. Pensando bem não quero mais falar disso não. A partir de agora esse post vai sobre outra coisa, deixa eu pensar aqui…

.

.

.

Nada me veio a mente. Então né, continuando:

Depois de um tempo você descobre que essas músicas não saem por uma única e simples causa. Porque, meu padawan, todas essas músicas que comentei sempre repetem diversas vezes uma única palavra na música toda, o que te faz ficar gravando a música. Um bom exemplo é a já citada Down. O refrão é “baby are you down down down down down, dooooown, dooooown, even if the sky is falling down, dooooown, dooooown”. Só no primeiro verso ele fala umas 10 vezes a palavra down. É por isso que essa merda fica nas nossas ~~minha~~ cabeças.

Pois então, eu decidi fazer umas pesquisas que me fizeram ficar até 3 horas da manhã acordado num sono desgraçado, tomando 10 litros de café e vendo canal de vendas para não me deixar dormir. Procurei em livros e testes em mim mesmo para chegar  uma conclusão de como é que se tira uma música da cabeça. Depois de ardo estudo e estatísticas da empresa Datafoda-se, aí vai algumas dicas:

– Cante outra canção.Faça outra coisa para te manter distraído, como malhar. Quem sabe você não melhora a sua forma física? É uma boa inspiração.

– Cante a canção para um amigo, mas não fique surpreso se ele ficar puto quando você começar a cantar a música. Esse é o método amigo FDP que joga o problema pros outros.

Suicídio nesses casos também vira uma boa opção.

Conclusão de tudo: para conseguir tirar essas musicas da cabeça só há uma solução: corte as orelhas. Ou melhor, só dê um tiro bem perto dela, você vai ficar surdo e não terá que ouvir mais uma vez:

BOTA A MÃOZINHA NA CABEÇA QUE VAI COMEÇAAAAAAAR…

É isso ai, depois me conte o resultado ;*

*****

Pessoal, foi mal se não consegui postar mais ultimamente, tenho estudado pra caralho. Espero que esse estudo me sirva de alguma coisa e eu não va vender empada nas ruas. Enfim, beijos ;*

Por Luiz Felipe

Anúncios

3 Responses to “Músicas que não saem da cabeça. Infelizmente.”


  1. 1 lullabygb 28 agosto, 2010 às 19:13

    Não dá pra terminar de ler pq esses cogumelos malditos nao saem da minha frente D:
    Help, quero ler -q

  2. 2 Lola 09 fevereiro, 2011 às 22:36

    tome no rego u_u


  1. 1 Músicas que não saem da cabeça. Infelizmente. (via Politicamente Corretos) « Damn Diary Trackback em 28 agosto, 2010 às 19:09

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Follow Politicamente Corretos 4.0 on WordPress.com

Visitas

  • 126,592 Bizoiadas

Destaques

Desenhos/séries que marcaram minha infância : Você têm saudades de quando era criança? Então saiba aqui os 5 desenhos que sinto mais falta;

Caos no Rio de Janeiro : Saiba tudo o que aconteceu quando houve a grande guerra entre o morro e a polícia carioca, além da tomada do Alemão;

Prêmio multishow, um fiasco : A versão 2010 do prêmio que premia as melhores bandas e cantores do Brasil foi um tanto quanto estranha. Saiba porquê.

-Mais dos melhores posts você vê aqui


%d blogueiros gostam disto: